7:45 às 11:45 e 13:00 às 17:00    
 (55) 3792 1102/1060


 

Verde, amarelo e vermelho

Cores da bandeira de infinito resplendor.

Gloriosa a tua história do passado

Brasão que aponta um futuro promissor.

Representa a riqueza desta terra

Levo em meu peito meu pavilhão tricolor.

 

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Sou filho deste lindo solo, ó Mãe gentil.

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Tens lindo campos, belos rios, céu de anil.

 

Do Rio Grande Pinheirinho é uma semente

Fértil crescente der beleza natural!

Uruguai descendo a serra lentamente

Água corrente, é o nosso cartão postal.

Nos verdes campos, as mais variadas cores

E as curvas do rio de beleza sem igual.

 

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Sou filho deste lindo solo, ó Mãe gentil.

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Tens lindo campos, belos rios, céu de anil.

 

Imigrantes vindos de terras distantes

De braços fortes, esse povo sonhador

Tendo em referência um pé de pinheiro

Beleza rara entre o bosque encantador.

Assim nasceu Pinheirinho do Vale

Deixou história este povo lutador.

 

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Sou filho deste lindo solo, ó Mãe gentil.

Pinheirinho, minha terra, eu te amo

Tens lindo campos, belos rios, céu de anil.



Letra: Gilberto Gularte